Renan Filho escolhe “Judas” para ser seu líder na ALE

O governador segue contrariando a lógica e praticando tiro ao alvo contra seu próprio governo. Ele já bateu o martelo que seu líder na Assembleia Legislativa será Silvio Camelo.

E quem é Silvio Camelo neste no Jogo do Poder? Simplesmente o maior beneficiado, com uma coligação para chamar de sua, sendo o deputado estadual eleito com a menor votação: 15.594 votos. Só para se ter uma ideia, 11 candidatos obtiveram mais votos que Sílvio e ficaram a ver navios.

E o que fez Sílvio, ao receber o pedido de socorro de Renan Filho, para eleger Olavo Calheiros na Assembleia Legislativa? Disse não ao “Senhor” e desencadeou, a partir dele, a maior derrota dos Calheiros desde 1990, quando Renan Calheiros perdeu a eleição de governador para Geraldo Bulhões.

Por mais que Sílvio Camelo tente argumentar, jamais poderia ter dado as costas aos líderes do MDB. Até porque já havia sido definido que ele seria o líder, no caso da vitória de Olavo.

De cair os cabelos
Como imaginar Olavo Calheiros sendo liderado, na ALE, por Sílvio Camelo?  E tem mais: o futuro líder tenta o controle do Procon. O imbróglio está aí.

Em tempo:
Sílvio foi um vereador atuante, pelo PV. Também foi uma voz inteligente, seguindo orientações, contra a gestão Rui Palmeira. Seria líder, mas, como Judas, deu as costas ao “Senhor” e agora recebe o perdão.

Se está perdoado pelo “Senhor”, quem sou eu para questionar.  O governador é o “Senhor da Razão”.

Fonte:AL1