Presidente do CSA explica dificuldade para construir Centro de Treinamento em Rio Largo

Tenório diz que está complicado para o CSA fechar com Rio Largo — Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com

A possibilidade de o CSA construir o seu novo Centro de Treinamento em Rio Largo está cada vez mais difícil. Quem afirma é o próprio presidente do clube, Rafael Tenório.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, o dirigente azulino explicou nesta sexta como estão as negociações e disse qual a dificuldade para encontrar uma área apropriada na cidade.

Nós estamos tentando, fomos olhar alguns terrenos, mas está muito difícil.

– Rio Largo tem dois donos quando se fala em área de terras: a Usina Santa Clotilde, que, por problemas administrativos, não pode vender; e a Família Paiva, que não quer negociar. Por mais boa vontade que o prefeito tenha, a dificuldade é muito grande. O município não tem terra. Outras pessoas com terra lá não têm do tamanho que a gente precisa.

Perguntado se o clube já desiste da construção da nova sede em Rio Largo, Tenório reforçou a vontade de fazer a obra no local, mas não descartou a escolha por outra cidade.

– Nós continuamos preferindo Rio Largo, mas existe a dificuldade. Se lá não der certo, vamos buscar outra área e não temos um local definido. Pode ser Pilar, Atalaia, Murici, Flexeiras… Seja onde for. O que não podemos é ficar sem construir o CT até o final do meu mandato.

O presidente também falou qual a dificuldade para encontrar uma área compatível em Maceió.

– Praticamente, não existe área nem em Maceió, e as que têm são muito caras. O CSA precisa, no mínimo, de 120 mil metros quadrados. Foge completamente da realidade. É por isso, por exemplo, que o nosso rival se instalou fora da capital.

Quando você acha uma área em Maceió, os caras querem R$ 100 por metro quadrado. Assim um terreno para o CSA construir o CT custaria R$ 12 milhões, algo fora da realidade.

Enquanto isso…

Enquanto não define o local para construção do novo CT, o clube treina no Estádio Nelson Peixoto Feijó, na Via Expressa.

O Nelsão está alugado, por dois anos, e foi totalmente reformado para receber o elenco azulino. Na última terça-feira, os treinamentos presenciais começaram na sede provisória do Azulão.

CSA treina no Nelsão — Foto: Divulgação/Ascom CSA

CSA treina no Nelsão — Foto: Divulgação/Ascom CSA

GloboEsporte.com