Firmino vê disputa boa com Jesus e rebate ironia de Ramos: “Idiota da parte dele”

oberto Firmino não gosta muito de dar entrevistas. As respostas costumam ser curtas e pouco elaboradas. Foi assim novamente nesta quarta-feira, quando o atacante atendeu a imprensa brasileira no CT do Tottenham. Tanto que em menos de 20 minutos de conversa, a principal declaração do jogador não foi sobre a Seleção. Perguntado sobre as recentes declarações de Sergio Ramos, Firmino abriu sua resposta dizendo que preferia não comentar o assunto. Mas acabou criticando o zagueiro do Real Madrid.

Ramos ficou marcado pela lesão de Salah e por um choque com o goleiro Karius na final da Liga dos Campeões no último dia 26 de maio. Questionado sobre os lances na última terça, o espanhol disse que ”só faltava Firmino dizer que estava resfriado pelo contato com seu suor”. O brasileiro respondeu:

”Prefiro não comentar. Acho que ele está na razão por ter sido campeão e tudo. Achei que foi idiota da parte dele, mas tudo bem”, afirmou.

Roberto Firmino na entrevista coletiva desta quarta-feira (Foto: Pedro Martins/MoWa Press)

Roberto Firmino na entrevista coletiva desta quarta-feira (Foto: Pedro Martins/MoWa Press)

Firmino falou também sobre Renato Augusto, que se recupera de uma inflamação no joelho esquerdo e voltou a realizar exercícios no gramado nesta quarta. Segundo o atacante, todo o grupo da Seleção está dando força para o companheiro.

– Claro que ele vai ficar chateado por não estar treinando, triste um pouco, mas o grupo todo está dando força para ele voltar o mais rapidamente possível para estar com a gente no campo – disse o camisa 20, que adotou um tom político ao comentar a disputa com Jesus no ataque.

– Eu e o Gabriel estamos em excelente fase. Ele foi campeão no City, fez uma excelente temporada. Eu também fiz, estamos em excelente momento. A Seleção só tem a ganhar com essa disputa boa. Espero que a gente possa dar o nosso melhor durante a Copa .

A Seleção volta a treinar em Londres nesta quinta-feira. Na sexta, a delegação embarca para Viena, palco do amistoso de domingo contra a Áustria, o último antes da estreia na Copa do Mundo.

Confira mais trechos da coletiva de Firmino

Condição de Renato Augusto
– Acho que ele está… ele sentiu um desconforto no joelho mas não é nada demais, está recuperando bem. Falo com ele e acho que está se recuperando bem.

Disputa aberta no ataque
– A Seleção tem um grupo muito qualificado, com jogadores de alto nível fazendo bom trabalho em sua equipe. Se alguém tem a ganhar é a própria Seleção. […] Estou fazendo o meu melhor aqui na Seleção como vinha fazendo no meu clube, o Gabriel também está em uma excelente fase. Isso é o professor Tite que vai decidir. A dor de cabeça só vai ser dele.

Condição física
– Estou me sentindo 100% bem. Uma das melhores, acho que minha melhor temporada em todos os aspectos. Em que eu puder ajudar a Seleção, vou ajudar de todas as maneiras possíveis.

A chance de jogar uma Copa do Mundo
– Com certeza, meu pai está muito feliz e orgulhoso pelo bom trabalho que venho fazendo. Foram tempos de… não sofrimento, mas… é, de sofrimento, e hoje estou aqui na Seleção muito feliz e com certeza eles estão muito orgulhosos.

“Seduzindo” Alisson
– De vez em quando, dou alfinetadas nele para vir para Liverpool ajudar a gente e tal, mas é com os empresários dele. Não seria nada mal se ele viesse para Liverpool.

Derrota na Liga dos Campeões ainda martela na cabeça?
– Na minha cabeça não martela mais. Passou, é passado. No dia fiquei muito chateado. Não foi como queríamos, mas agora bola para a frente. Estou com meus companheiros e temos mais uma oportunidade pela frente.

– Muito grato pela primeira convocação do Dunga. Faz parte. Alguns gostam e outros não gostam. Graças a Deus fui evoluindo a cada dia que passou. Esse ano foi minha melhor temporada, espero que não termine por aqui e que o objetivo seja concluído.

Estreia contra a Áustria em 2014
– Era um Firmino um pouco novo, jogava na Alemanha. Fiz a mudança para Inglaterra depois, um futebol mais físico e intenso. Evoluí muito, adaptei rápido e só cresci.

Tite e Klopp
– Os dois treinadores são top, alto nível. São muito parecidos também em forma de trabalho dos dois, dois paizões também, alegres. Quando tem que dar dura, dá, e deixa a gente bem a vontade para passar a confiança que deve.

Jogar contra Fred na Premier League
– Ele está até do meu lado no quarto. É o próximo rival. Mas já dei os parabéns para ele, espero que tenha muito sucesso jogando no Manchester United. Dentro de campo é um clássico, não podemos evitar. Desejo todo o sucesso para ele.

Fonte:globo

SEM COMENTÁRIO