Guardador de carros recebe alta e presta depoimento na Central de Flagrantes

O guardador de carros que presta serviço para a Ordem dos Advogados do Brasil, secional Alagoas (OAB), José Geovânio, recebeu alta médica do Hospital Geral do Estado (HGE) na noite desta segunda-feira (4), após ser baleado nesta tarde, durante abordagem da PM.

Logo após receber alta, o guardador de carros foi levado por militares para a Central de Flagrantes, no bairro do Pinheiro, onde prestou depoimento. Ele foi acompanhado com advogado da OAB.

O presidente da Comissão dos Direitos Humanos da OAB, Ricardo Moraes, acompanhou o depoimento de José Geovânio na Central de Flagrantes. Na oportunidade, o representante da Ordem dos Advogados do Brasil afirmou que a atuação dos militares foi excessiva.

Isso porque, reforça Moraes, o guardador de carros estava desarmado e foi abordado, “de forma desproporcional”, por quatro policiais. Ele não descarta a possibilidade de apresentar uma representação, contra os militares, junto à Corregedoria da PM.