MP Eleitoral e PF atuam para coibir crime eleitoral em Maceió

Firme no propósito de promover uma eleição limpa e justa, o Ministério Público Eleitoral requereu à Justiça autorização para o cumprimento de medida judicial com o fim de coibir o cometimento de corrupção eleitoral.

Nas primeiras horas desta manhã (3), a Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão, obtido pelo MP junto ao Tribunal Regional Eleitoral em Alagoas (TRE/AL), em edifício no bairro da Pajuçara, na capital alagoana.

A pedido da Polícia Federal, que apurou denúncia de cidadão sobre o possível cometimento de crime eleitoral de corrupção, o MP Eleitoral prontamente, na noite da última terça-feira (02), requereu ao TRE/AL autorização para busca e apreensão. O qual, diante dos indícios apontados, concedeu a ordem.

As investigações continuarão, a fim de promover uma eleição limpa e equilibrada em Alagoas, garantindo o respeito à vontade dos eleitores.

Maiores informações ainda não poderão ser divulgadas para não atrapalhar as investigações da Polícia Federal em Alagoas na apuração da suposta prática criminosa.

 

Fonte: Ascom MPF