Polícia registra cinco homicídios em Maceió e Região Metropolitana no sábado

Cinco pessoas morreram vítimas de crimes violentos em Maceió e na Região Metropolitana da capital durante o sábado (21). Outras duas sofreram tentativas de homicídio. Os suspeitos não foram presos em nenhuma das ocorrências.

O primeiro caso foi registrado por volta das 9h, em Coqueiro Seco. Um rapaz não identificado foi morto com quatro tiros que o atingiram nos braços, peito e costas no Centro.

Pouco depois, por volta das 11h, o taxista José Roberto da Silva Nascimento foi morto com três tiros na cabeça no Mirante de Santa Terezinha, no bairro do Farol, em Maceió. Sabe-se apenas que o crime foi cometido por um homem em uma moto, que fugiu logo depois de atirar na vítima.

À tarde, por volta das 14h, dois homens foram baleados em frente a uma barraca de praia na Praia do Francês, em Marechal Deodoro. Eles foram identificados como Luan de Oliveira Santos, 19, e Cícero Morais de Lima Filho, 30.

Luan não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Cícero foi socorrido e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Segundo a polícia, o crime foi cometido por dois homens, que conseguiram fugir.

Ainda por volta das 14h, mas dessa vez na Cidade Universitária, em Maceió, Manoel Antônio da Silva foi morto com quatro tiros, que atingiram a cabeça e o ombro esquerdo. O crime ocorreu em frente a uma igreja evangélica.

Cerca de uma hora depois, Josivan Ferreira dos Santos, 21, sofreu uma tentativa de homicídio no bairro do Jacintinho, na capital. Ele foi baleado diversas vezes nas costas. Testemunhas o socorreram e o levaram para o HGE.

Durante a noite, por volta das 22h, Cleberson Aureliano da Silva, 33, foi morto com um tiro na cabeça por homens não identificados. O crime foi registrado no bairro de Fernão Velho, em Maceió.

Em todas as ocorrências que envolveram mortes, equipes do Instituto de Medicina Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC) foram acionadas para recolher os corpos e realizar levantamentos sobre os casos.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA